Vídeos Mais

Ratinho fala sobre o câncer

Obrigado! Mostre este vídeo para quem deseja!

URL

Você não curtiu. Obrigado pela sua opinião!

Sorry, only registred users can create playlists.
URL


Adicionado há na categoria Vídeos Legais
222,278 Visualizado

Sobre o vídeo Ratinho fala sobre o câncer

No Programa do Ratinho desta quarta, Ratinho desabafa sobre o descaso da Câmara Federal e Congresso Federal com relação a liberação da droga fosfoetanolamina, que combate o câncer. Ratinho mostra o depoimento de uma menina vítima de câncer, fala do irmão que faleceu vítima da doença e promete não ficar parado até a legalização da fosfoetanolamina.

Apresentador chora, faz apelo e se emocionou ao exibir pedido e ao lembrar da esposa e o irmão que tiveram a doença.

Ratinho se emocionou e ficou bastante irritado no programa enquanto falava da fosfoetanolamina, substância que ficou conhecida como "pílula do câncer". O remédio desenvolvido pela Universidade de São Paulo para combater a doença ainda não teve a comercialização aprovada.

Durante o desabafo que fazia em relação à proibição do medicamento, Ratinho apresentou o apelo de Nayara, uma criança que sofre de câncer. A garota tomava o remédio, mas a pílula acabou.

"Depois que comecei a tomar a fosfo, eu fiquei preocupada, porque sabia que estava doente. Eu tomei a pílula e fiquei melhor, mas agora não tem para tomar. Eu queria muito que vocês liberassem essa medicação. Eu preciso muito", pediu a criança.

Após o apelo de Nayara, Ratinho emendou: "Vocês governantes não têm um pingo de compaixão para ir atrás de uma coisa que precisa ser liberada. A voz desta menina e a imagem desta menina, valem mais que 513 deputados", afirmou.

Já emocionado com a situação, ele chegou a ficar com os olhos cheios de lágrima ao relembrar da esposa, que teve câncer, e o irmão, que morreu vitimado pela doença.

"Pode acontecer na família de qualquer um. Aconteceu com a minha esposa, que graças a Deus conseguiu se salvar. Mas toda família corre esse risco. E a gente sabe quando tem isso na família. O sofrimento que é para a família inteira. Imagina para família de criança? Quanto que uma mãe não sofre? Eu perdi um irmão com 15 anos de câncer. Até hoje minha mãe não se recuperou", declarou ele com os olhos marejados.

"Eu vou me juntar com os 20 milhões de brasileiros que estão me assistindo. E se tiver que quebrar o pau, a gente vai quebrar o pau", concluiu ele muito irritado.

Confira íntegra do apelo no vídeo!

RSS