Vídeos Mais

O valor de uma pessoa

Obrigado! Mostre este vídeo para quem deseja!

URL

Você não curtiu. Obrigado pela sua opinião!

Sorry, only registred users can create playlists.
URL


Adicionado há na categoria Vídeos Bonitos
30,577 Visualizado

Sobre o vídeo O valor de uma pessoa

Este vídeo vai te fazer refletir sobre tudo o que você já passou e está passando com as pessoas com quem convive ou conviveu, de forma boa ou que simplesmente deixaram experiências em sua vida.

A mensagem é tocante e nos mostra o valor de uma pessoa para nós:
Imagine a pessoa que é o seu melhor amigo ou que a pessoa que você ama... ou que ela te ame e por algum motivo esta amizade tenha sido abalada, e este amor enterrado, por orgulho, por não acreditar e nem gostaria de tentar... Deixar! Voltar! A ser amigo ou a amar.

Imagine... Você tranquilo em casa, vendo TV, na Internet, estudando e nem se importando com a atual situação, e lembrando desta pessoa, mas ao mesmo tempo não se esforça. E de repente o telefone toca.. Você atende, esperando que seja um amigo para lhe contar uma fofoca ou para lhe chamar para sair. Mas... este telefonema, é para dar uma noticia cujo você não espera. Uma ligação dizendo que... Este amigo! Este amor! Cujo te magoou; cujo te magoaste! Sofreu um acidente e infelizmente não resistiu aos ferimentos. Qual seria sua reação? Acharia que era um trote? Zoação? Ou viria ao seu pensamento tudo o que vocês passaram após a briga? Que você perdeu a chance de perdoar, e ser perdoado. Que agora é tarde... Você desligaria o telefone, ficaria 2 segundos sem saber o que fazer e depois, de algum tempo, começa colocar a roupa para ir ao velório e ao enterro, sem saber o que fazer, o que falar, o que pensar... Imagine, você chegando e vendo esta pessoa, dentro de um caixão; com aquela expressão pálida, sem se mexer, sem respirar, sem falar, sem poder olhar nos olhos. Vendo as outras pessoas chorando, e você não querendo acreditar, se aproxima do caixão... Você tenta ser forte. Demonstrar que não afetou este acontecimento. Até que você acompanha tudo de perto, e vê ela sendo enterrada. Diante dos teus olhos, e depois você vai para uma praça, tentar acreditar no que aconteceu, e realmente começa a chorar... e começa a perguntar porquê?

Porque tinha que partir, tinha tanta coisa para ser acertado, tinha tanta coisa para ser esclarecida. Descobrir realmente as verdades, e não o que os outros me contavam Eu quis, eu quis, por de mais eu tentei. Mas seu orgulho não deixava, tentou várias vezes chorar, ver se seu coração quebrantava, e aquela amizade que por tantos anos, e aquele amor, que parecia ser sincero. Quis mostrar que você estava certo em tudo, e o que o errado era ele... Que não tinha nada feito, que o culpado era ele, e que essa pessoa não faz falta nenhuma para você, era apenas mas um, talvez um objeto que usava quando queria e quando não queria guardava dentro da gaveta, mas agora que essa pessoa não está mais entre nós, você não tem mais a possibilidade de se acertar com ela, de conversar, e realmente se entenderem, mas agora já é tarde, e você se acostuma.

Agora reflita... Você pode até acostumar, pode demorar dias, semanas, meses e até anos realmente acostuma, mas toda vez que essa pessoa lhe vier a memória você não poderá fazer mais nada. Já pensou conviver com isso para sempre? "Aprendemos que demora um certo tempo para conquistar a confiança de alguém, mas somos capazes de destruí-las em poucos segundos;" Mas depois de ler isso pense no que realmente fazer. Deixar levar, pois o mundo da voltas e dar tempo ao tempo. Mesmo sabendo que... daqui 5 segundos o telefone pode tocar e realmente isso acontecer? E você não ter mais a oportunidade de conversar quem sabe voltar a velha amizade quem sabe construir uma família um dia com essa pessoa. Mas você vai deixar que um erro, que uma lágrima ou várias, que uma mágoa que uma coisa que te deixou chateado e obrigou a lhe dizer em momento oportuno que preferia essa pessoa morta. Impeça a chance de recomeçar e quem sabe ser feliz e fazer outra pessoa feliz. Pense e reflita. Não deixe para amanhã o que se pode fazer hoje, pois amanhã pode ser tarde.

RSS