Vídeos Mais

Muita gente escutou isso no vídeo

Obrigado! Mostre este vídeo para quem deseja!

URL

Você não curtiu. Obrigado pela sua opinião!

Sorry, only registred users can create playlists.
URL


Adicionado há na categoria Vídeos Legais
129,426 Visualizado

Sobre o vídeo Muita gente escutou isso no vídeo

Tony Ramos fica sem graça e conta toda verdade sobre a carne estragada da Friboi!

O ator Tony Ramos, acuado por conta da operação 'Carne Fraca', da Polícia Federal, decidiu falar pela primeira fez sobre a questão. Ele é garoto propaganda de um dos frigoríficos investigados, a JBS. A marca é responsável pela Friboi e pela Seara. Tony Ramos fazia propagandas para a Friboi, enquanto Fátima Bernardes era o marketing da Seara. A Polícia Federal identificou que as empresas envolveram-se em um grande esquema de corrupção, cujo principal objetivo era vender carne estragada. Os alimentos ou estavam vendidos ou eram vendidos com uma qualidade pior do que a indicada.

Em entrevista sobre o assunto, Tony Ramos decidiu contar tudo o que sabe. De acordo com ele, o que está acontecendo em todo o país o deixou muito surpreso. A entrevista dada ao portal de notícias EGO foi reveladora. O ator disse que não tem qualquer relação com o suposto esquema de corrupção da empresa, revelando que seria apenas um contratado da JBS. Além disso, tal contrato, segundo ele, acontecia por meio de uma empresa de publicidade e não diretamente com a JBS. O ator, que fez personagens marcantes na televisão, não quis falar tecnicamente sobre o assunto e disse que não sabia exatamente como a ação da Polícia Federal estava agindo. No entanto, ele defendeu a Fribou, revelando que existe um controle das embalagens e que nelas há um código de barras, no qual o consumidor conseguiria controlar o controle da expiração da data de validade do produto.

"Eu já visitei uma das fábricas, continuo comprando os produtos Friboi, tenho carnes deles agora no meu freezer e uso nos meus churrascos do fim de semana", garantiu ele, que continua comendo a carne. Tony Ramos ainda revelou que acredita que o alimento seja de boa procedência e que, após a repercussão do caso, entraria em contato com a JBS. Por conta do esquema criminoso, mais de 30 pessoas foram presas. O nome de Tony Ramos não é investigado pela Polícia Federal, mas por ser uma pessoa famosa e promover a marca, seu rosto estampa muitas matérias contra a Friboi.

RSS